Este blog é um espaço de análise e opinião. Da minha análise sobre factos e coisas do dia-a-dia, e da opinião que à cerca delas vou construindo. (antónio casteleiro)           SEJA SOCIAL          PARTILHE este blog           COMENTE individualmente os textos ou passe pelo LIVRO DE VISITAS ...


Home » Editorial

Entusiasmo, alegria, sabedoria…

27 Abril 2008 37.737 views Não Commentado

Antonio Casteleiro“Para cultivar o entusiasmo, devemos praticar ações que aumentem a alegria do coração. Devemos ser generosos, altruístas, bondosos, ser tolerantes e pacientes connosco mesmo e com as outras pessoas”

Muitas pessoas, porém, estão procurando fora de si mesmas, em posses, em posições, nos outros, no consumismo, nas viagens, nos acontecimentos. Não estão com o objetivo de serem felizes dentro de suas próprias mentes.

Sofrem de stresse, ansiedade, medos, insónia, angústias, depressão, tristeza, solidão. Realmente, estas dores da alma, como podemos chamá-las, impedem que a felicidade se aproxime.

Os inimigos do entusiasmo

Existem muitos obstáculos que bloqueiam a fonte do entusiasmo e não permitem que se manifeste como: a raiva, a impaciência, a inveja, hábitos de criticar a si mesmo e os outros, ódio por si mesmo, baixa autoestima, falta de controlo, maldade, hipocrisia, arrogância, dúvidas, indelicadeza, desrespeito, insatisfação constante, falta de gratidão, não perdoar, ferir os outros, falar sarcasticamente.

Quando algumas dessas características se manifesta em uma pessoa, a energia do entusiasmo fica bloqueada e as virtudes ficam obscurecidas. Essa pessoa fecha o coração e sente-se sem alegria de viver. Sente que nada neste mundo pode-lhe trazer felicidade.

Tem tristeza quase todo o tempo. Vive criticando tudo, sem encontrar nenhum sabor nem interesse em nada. Ela assemelha-se a uma flor seca, sem vida, árida e triste. Não dá valor ao que tem, não agradece o que recebe, não existe leveza em seu coração. A vida é um peso que carrega e não encontra saída para seu sofrimento.

Quando a mente está negativa, com muita turbulência, é difícil ter gratidão e alegria.

É necessário purificar a negatividade que é energia condensada.

Precisamos limpar camadas e camadas da mente. Nossos padrões mentais, nossos “arquivos” no cérebro.

Como podemos sentir entusiasmo, se o coração está no fogo da raiva, no fogo dos sentimentos e pensamentos negativos, no fogo de um completo descontentamento?

Como conseguir o entusiasmo?

Com a prática regular da meditação e do relaxamento, que são formas maravilhosas de orar, fazemos conexão com o Ser interior. Ao silenciar corpo e mente, nós acalmamo-nos, temos boas intuições, melhor discernimento, soluções para nossas dúvidas e problemas.

Quando oramos apenas com palavras, quando conseguimos voltar-nos para dentro, deslizar para esse espaço de silêncio, a sabedoria brota do interior,

Ela se manifesta em nós através da alegria, do entusiasmo, da bondade, da compaixão, da tranquilidade, da paz interior, da paciência.

Com essa conexão direta com o Ser interior através do apaziguamento e da tranquilidade, encontramos um porto seguro, um apoio interior para todos os momentos, mesmo os mais desafiantes e difíceis.

(Serra da Estrela)

Abril/08

Licença Creative Commons   Este trabalho de Antonio Casteleiro, está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em www.antoniocasteleiro.com

   Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Este blog é um espaço de análise e opinião. Da minha análise sobre factos e coisas do dia-a-dia, e da opinião que à cerca delas vou construindo. Sobre o que escrevo, muitos dos que me lerem estarão de acordo e muitos outros discordarão. Não há mal nenhum nisso. Assim uns e outros saibam respeitar uma opinião contraria. Antonio Casteleiro.