Home » Arquivo

Pesquisa:Editorial

Editorial »

[18 Jun 2016 | 3 Commentarios | ]
A realidade “irreal” das redes sociais !? reconhecimento !?

A realidade “irreal” das redes sociais !? reconhecimento !?
Alguns, bastantes, amigos “virtuais” das redes sociais, publicam | partilham diariamente ou com muita frequência:
(…) ir para a escola | trabalho
(…) ir ao shopping. Foto no Instagram.
(…) comer com os amigos. Status compartilhado no Facebook.
(…) fotos de família.
(…) …| …| …| e assim por diante…
Reparamos que a vida dessas e de diferentes pessoas em seu redor estão mais acessíveis e romperam os limites entre o que é pessoal e público. O que mais assusta não é o fato dessa exposição exacerbada da …

Editorial »

[29 Dez 2011 | No Commentado | ]
… num mundo de ilusões, a rotina, a hipocrisia!!

As rotinas do nosso quotidiano inserem-se num processo constante de criação e destruição, de fazer e desfazer, fazendo lembrar os ciclos de morte-vida, em que tudo se insere neste plano de existência.
Assim, repetimos os mesmos procedimentos todos os dias, como condição de sobrevivência, como se importasse manter o suporte físico em condições adequadas, para que a vida se vá processando, para que a aquisição de consciência se vá fazendo.
Vejamos que precisamos de comer diariamente, mesmo que logo a seguir expulsemos muito daquilo que comemos, através da evacuação. Todos os dias …

Editorial »

[17 Set 2011 | No Commentado | ]
Depois da  dor… A consciência !

No nosso dia-a-dia, apercebemo-nos daquilo que dói e quase não valorizamos o que de bom nos acontece.
Não nos apercebemos da boa saúde do nosso corpo, de que temos comida para nos alimentar, da família e amigos que nos rodeiam e de que nascemos num país melhor que muitos outros em termos de condições de vida.
Lamentamo-nos das dificuldades que o dia-a-dia acarreta e não enaltecemos as alegrias que o mesmo proporciona. Há uma tendência natural nesse sentido e a sociedade reflecte esta perspectiva, nas crenças e valores que adopta, ao enfatizar …

Editorial »

[10 Set 2011 | No Commentado | ]
Amor – Constuir e Destruir !

A união que desejamos que se realize no mundo, nada tem a ver com a intromissão em realidades alheias em nome da unidade que almejamos.
Muitas vezes, esta confusão leva a que, no âmbito das relações afectivas, haja uma tendência à apropriação do outro, pensando-se que isso é amor. Em seu nome, exigem-se determinados comportamentos, em função de expectativas criadas, que queremos ver realizadas para que o nosso vazio se preencha à custa do outro, esperando-se que este se paute em função daquilo que consideramos como condição para o relacionamento se …

Editorial »

[3 Set 2011 | No Commentado | ]
O equilíbrio traz Paz e Realização!

Vivemos num mundo de polaridades opostas e por isso a nossa tendência é a de nos fixarmos num lado ou noutro dessas dimensões diferentes, o que provoca desequilíbrio, já que os opostos devem ser conciliados, harmonizados entre si, em direcção à coluna central que medeia entre essas polaridades distintas.
O equilíbrio traz paz e realização.
Mas, o ser humano anda a aprender a viver, e por isso faz muitos erros, que originam sofrimentos diversos.
Saímos de um apego e logo a seguir ligamo-nos a outro, que julgamos nos libertará do primeiro. Mas, porque …

Editorial »

[27 Ago 2011 | No Commentado | ]
A vida – A dor e o sofrimento

A dor e o sofrimento faz parte intrínseca da vida, assim como o fazem sentimentos e emoções mais positivos como a alegria e a felicidade.
Num mundo dual, onde as polaridades opostas definem toda a realidade, a tristeza e a alegria terão também de integrar o quotidiano das nossas vidas. Não podemos pretender que haja só dias de sol, porque a chuva também é necessária. A sabedoria a encontrar será, pois, a de acolhermos como inevitáveis estas oscilações naturais, se queremos acertar o passo com a vida, condição necessária para se …

Editorial »

[20 Ago 2011 | No Commentado | ]
A sociedade no presente e futuro

Quanto mais diversificadas e numerosas forem as relações entre as pessoas, maior será a possibilidade de crescimento individual, dado que a descoberta pessoal tem de ser feita mediante o confronto com outras personalidades.
A actualidade, nas sociedades mais desenvolvidas, alarga esse leque de experiências, revelando com isso um maior impulso evolutivo, quando transfere para os grupos sociais e instituições, aquilo que anteriormente era incumbência estrita das famílias. Embora possa parecer uma perda de qualidade de vida, a necessidade de recurso à integração institucional dos idosos e das crianças, impele as pessoas …