Este blog é um espaço de análise e opinião. Da minha análise sobre factos e coisas do dia-a-dia, e da opinião que à cerca delas vou construindo. (antónio casteleiro)           SEJA SOCIAL          PARTILHE este blog           COMENTE individualmente os textos ou passe pelo LIVRO DE VISITAS ...


Home » Dicas

Dicas-Segurança Ativa e Passiva “Segurança na estrada”

21 Outubro 2006 549 views Não Commentado

antonio casteleiroSEGURANÇA NA ESTRADA

Ir para a estrada é um prazer inigualável. Parece que as motos foram feitas apenas para isso.

Novamente existem regras básicas que ajudam você a ir e voltar em segurança.

Mesmo não conhecendo nada de mecânica, convém levar as ferramentas básicas da sua moto sempre, além de velas, câmaras de ar e cabo de acelerador. Mesmo não sabendo trocar, é sempre mais fácil encontrar alguém que saiba, tendo o material em mãos.

Faça o seu roteiro, observando as paradas, as cidades, os abastecimentos… Viajar meio “easy rider” é do tempo que a gasolina era barata. O ideal é marcar as paradas para pernoite no mapa, seguindo a sua capacidade e a da moto.

Evite pilotar mais de 100 km directo. Cansa muito e logo você estará  “bagaço”. O ideal é fazer paradas de 100 em 100 para descansar uns dez minutos (caminhar, esticar as pernas, ir ao banheiro e tal). De 200 em 200, um abastecimento (dependendo da autonomia da sua moto).

Em cada parada de abastecimento você descansa um pouco mais. 20 a 30 minutos. Seguindo estas dicas você chega inteiro aos 1000 km diários.

Evite almoçar. Geralmente os almoços tiram muito tempo da sua viagem, além de que quando você esta de barriga cheia, fica com sono e perde os reflexos.

O ideal é fazer um lanche leve no horário do almoço, com frutas de rápida assimilação pelo organismo, líquidos e energéticos (chocolates e tal…) . Deixe para COMER de verdade quando você parar para pernoite.

Não beba nada alcoólico. Há uns palermas que dizem que pilotam melhor sob o efeito do álcool. São uns estúpidos viciados. ÁLCOOL e MOTO NÃO COMBINAM NUNCA !!!!!

Evite pilotar após as 18:00 horas. Além de você perder a visão das paisagens da estrada, é o horário que  cansa mais rápido. Neste horário é bom parar para jantar, dormir, tomar uma “cerveja” e descansar… ( não vai mais pilotar,… pode beber moderadamente).

Rode dentro da velocidade estipulada pelas leis de trânsito. Piadinha!!! Aliás as leis de trânsito, em se tratando de motocicista, são uma grande piada de mau gosto. Pilote em velocidade que você se sinta seguro, sempre deixando margem de potência para uma acelerada emergencial.

É claro que você vai respeitar os limites de zonas urbanas é uma questão de bom senso.

Reduza a velocidade próximo a postos de combustível. Além da possibilidade de ter um carro com motorista distraído saindo do posto, sempre pode ter pela pista um pouco de óleo diesel espalhado (oriundo dos drenos dos camions).

Em regiões serranas, é comum terminar uma curva e encontrar uma arvore caída na pista ou queda de barranco. Todo cuidado é pouco. Mais um bom motivo para
você não pilotar á noite.

São algumas dicas de quem já tem muitos milhares de Km de moto.

António Casteleiro

Licença Creative Commons   Este trabalho de Antonio Casteleiro, está licenciado com uma Licença Creative Commons - Atribuição-NãoComercial-CompartilhaIgual 4.0 Internacional.
Baseado no trabalho disponível em www.antoniocasteleiro.com

   Você pode copiar, distribuir, exibir, executar, desde que seja dado crédito ao autor original. Você não pode fazer uso comercial desta obra. Você não pode criar obras derivadas.

Este blog é um espaço de análise e opinião. Da minha análise sobre factos e coisas do dia-a-dia, e da opinião que à cerca delas vou construindo. Sobre o que escrevo, muitos dos que me lerem estarão de acordo e muitos outros discordarão. Não há mal nenhum nisso. Assim uns e outros saibam respeitar uma opinião contraria. Antonio Casteleiro.