Editorial »

[17 Jan 2009 | Comentários fechados em Não devemos apostar tudo… | 44.217 views]
Não devemos apostar tudo…

Como é perigoso e escorregadio “apostar todas as cartas ” em alguém ou em algo…
Por um breve tempo, temos a sensação de que a vida é plena e idealizamos a eternidade de uma felicidade irreal.
Quando alguém é tudo, toda nossa vida se move ao redor dessa pessoa. Nada mais existe e o que é pior, nem nós mesmos existimos mais. Seus desejos se tornam nossos, seus medos e preocupações passam a ser nossos, seus dias são nossas estradas diárias…
Mas, como a vida é fonte de sabedoria e não estamos aqui …

Editorial »

[10 Jan 2009 | Comentários fechados em A precipitação de fazer julgamentos ou conclusões… | 44.596 views]
A precipitação de fazer julgamentos ou conclusões…

Muito do que vivemos depende do modo como lidamos com a vida, com as pessoas e com o que nos acontece.
Se nosso olhar é rígido e inflexível, não perceberemos que tudo tem duas faces e que os opostos se complementam, sendo focos de uma mesma energia.
Assim é com o dia e a noite, com a alegria e a tristeza, com a saúde e a doença, com o amor e a raiva, com o bem e o mal, com a delicadeza e a agressividade, com a fraqueza e a força…
Se nos …

Editorial »

[3 Jan 2009 | Comentários fechados em Aprender a ser velho ! | 76.314 views]
Aprender a ser velho !

O envelhecer deve ser visto como um processo contínuo de crescimento intelectual, emocional e psicológico. Deve ser o momento em que, ao olhar o que foi vivido, nos permitamos sentir alegria pelo que foi conseguido, apesar de serem reconhecidos alguns fracassos e erros.
A velhice começa por volta dos 65 anos e caracteriza-se por um declínio gradativo do funcionamento de todos os sistemas corporais. Entretanto, ao contrário do que muitos acreditam, a maioria das pessoas da terceira idade conservam um nível importante de suas capacidades cognitivas e psíquicas.
Embora em qualquer idade …

Natal »

[20 Dez 2008 | Comentários fechados em A mentira Natalícia! | 44.496 views]
A mentira Natalícia!

Clima é de festa, de alegria, de união, de aconchego familiar. Presentes, doces, vinhos, presépios, árvores… e muitas luzes na cidade. As pessoas – pelo menos exteriormente – mostram-se mais alegres, mais sociáveis, mais acessíveis, mais caridosas.
Festeja-se o nascimento do Rei dos reis, mas nem sempre Ele é o alvo das atenções. Nem sempre, durante os festejos familiares, Jesus é lembrado, glorificado e exaltado. A festa é em homenagem a Jesus, de Nazaré, o Cristo que dos céus desceu, fez-se carne, habitou entre nós, pregou as Boas Novas; foi perseguido, …

Natal »

[13 Dez 2008 | Comentários fechados em NATAL!!! Espírito da Tradição! Espírito do Natal! Espírito da mentira! | 57.239 views]
NATAL!!! Espírito da Tradição! Espírito do Natal! Espírito da mentira!

No período do Natal há manifestação de pelo menos três espíritos, são eles: Espírito da Tradição, espírito do Natal e espírito da Mentira.
O primeiro espírito da tradição, vejamos por exemplo a data do nascimento de Jesus Cristo passou a ser considerada, a partir de seu estabelecimento, como forma do homem se resgatar das impurezas cometidas durante o ano todo, pelo menos um dia. Coisa estranha, não? Outro facto que nos intriga é que Jesus nunca nasceu em 25 de Dezembro como recebemos por tradição, mas foi essa data estabelecida por Constantino, quando …

Editorial »

[6 Dez 2008 | Comentários fechados em Viver o dia…viver o momento…de cada vez! | 48.259 views]
Viver o dia…viver o momento…de cada vez!

Não vou dizer que seja fácil o que proponho, mas nada que gere e contribua para nosso fortalecimento e crescimento o será. Mas, vale a pena exercitar para conseguir!
A proposta  resume-se em viver um dia de cada vez, principalmente se nos sentimos como um náufrago, alguém que tem que reaprender a viver consigo mesmo e a lidar com perdas, alguém que precisa reconhecer seu valor, seu tesouro interno, alguém que precisa aprender a ser nós mesmo, antes de tudo.
Não podemos desesperar por não termos as respostas agora, talvez nós nunca as tenhamos de modo …

Editorial »

[29 Nov 2008 | Comentários fechados em Professor! qual a sua importãncia nos tempos de hoje? | 43.288 views]
Professor! qual a sua importãncia nos tempos de hoje?

Qual é a sua importância num mundo repleto de informações, de avanços científicos e tecnológicos que atravessam oceanos com a rapidez espantosa de um livre acesso informatizado pela Internet?
Para mim, a sua importância reside em trabalhar o que está esquecido e relegado a um segundo plano por este mesmo mundo que progride, mas que não sei o quanto evolui.
Seu valor é resgatar o humano que se perde pelo individualismo crescente em uma sociedade que não se questiona, que parece periodizar o poder e o saber, sem se importar com o …